Dragon ball B.T.U

O Universo não é o limite

Episódio 99: A Despedida

Posted by gabrielr15 em junho 25, 2010

Goku suspirou. Era chegada a sua hora.

(Goku) – Master, eu tomei uma decisão.

Master olhou de Goku para a pedra e retornou a olhar para Goku.

(Goku) – Eu tenho quase certeza que vou morrer ao finalizar a transformação do Megasayajin. Então eu percebi que tinha duas escolhas. Me deixar morrer ou tentar sobreviver. Você concorda que tentar sobreviver é arriscado porque eu vou ter de controlar precisamente a dosagem de ki no meu corpo para não explodir e as conseqüências podem ser catastróficas.

Master sorriu.

(Master) – Você tomou o caminho certo Goku. Essa foi a escolha certa. Parabéns.

(Goku) – Como assim essa foi a escolha certa?

Master tocou no ombro de Goku. Centenas de letras passaram pela sua vista em um instante.

(Master) – Te dei a capacidade de ler o que está escrito na pedra.

Goku voou até o chão de vidro onde a pedra estava. Haviam palavras gravadas por toda a sua extensão. Palavras agora que Goku entendia.

O universo existe a mais tempo que qualquer ser vivo possa lembrar,
Centenas de milhares de gerações vão se passar durante o tempo de vida do Universo,
Mas esse não é o primeiro universo e não será o ultimo,
Já existiram vários universos e vão existir vários universos ainda,
Poucos universos acabaram naturalmente,
Sem intervenção dos seres que nele vivem,
Cada universo que acabou por causa dos seres vivos,
Acabou porque um ser vivo o destruiu,
E esse universo também passará por essa provação,
O garoto que ao nascer receberá um nome,
Mas mais tarde ganhará outro,
Seu nome ao nascer será Kakarotto.
Seu poder passará o poder de tudo e de todos,
E ele poderá destruir o universo facilmente,
Ele nascerá como um ser maldoso,
Mas morrerá como um ser bondoso,
Ele terá em um momento que fazer uma escolha,
Que determinará o futuro do universo,
Seu poder será o suficiente para matar a si próprio,
Sua escolha é que vai decidir se ele vai morrer sozinho,
Ou todos morrerão juntos,
Aquele que nascer com o nome de Kakarotto,
Mas que receberá um novo nome mais tarde,
Decida-se, o futuro de todos está em suas mãos e em seu poder

(Goku) – Então se eu tivesse decidido viver eu ia explodir o universo?

Master concordou com a cabeça. Goku leu mais uma vez a profecia.

(Goku) – Eu posso voltar para me despedir dos meus amigos ou é perigoso?

(Master) – A escolha já foi feita, pode ir. Não vai fazer importância o lugar que você vai morrer se você decidiu morrer.

Master sorriu.

(Goku) – Bem vou começar a viagem de volta…

(Master) – Se teleporte. Lembre-se o ki daqui vai para qualquer canto do universo. Faça o teletransporte para qualquer lugar do universo e não gastará quase nada de ki.

Goku concordou com a cabeça. Ergueu a mão e Master a apertou.

(Goku) – Adeus. Foi um encontro rápido, mas nunca o esquecerei.

(Master) – É… Para você foi um encontro rápido. Estive observando-o desde o dia em que nasceu. Você é o quinto Kakarotto a aparecer no universo. Se você percebeu aquela réplica do universo é real a partir dela posso ver tudo dentro do universo. E ela está a distância certa das paredes do centro de ki comparada a distancia real. Mas ou menos umas 5 vezes a extensão do universo com matéria em qualquer direção.

(Goku) – Quer dizer que voando em qualquer direção chega aqui? O universo tem fim então?

(Master) – Tem. Adeus Goku. Espero que algum dia eu possa revê-lo cara a cara. Em dez anos universais termina o meu tempo como guardião. Daí talvez eu vá te visitar…

Goku se teletransportou.

(Dai-Kaioshin) – GOKU!

(Goku) – Olá Dai-Kaioshin. Vou direto ao ponto porque tenho pouco tempo de vida. Quero saber se tem alguma chance de depois de eu morrer eu poder visitar o inferno para rever os inimigos que eu derrotei. Eles me ajudaram na genki-dama e pediram mais uma chance de lutar com eles. O que o senhor poderia fazer a respeito?

Dai-Kaioshin pensou por alguns minutos.

(Dai-Kaioshin) – Eu posso te tornar guardião do outro mundo. Daí você pode viajar entre todas as dimensões para cuidar dos seres que lá habitam e em alguns casos impedir a fuga de seres do inferno. Que tal? Você teria acesso ao inferno, ao paraíso e ao planeta dos lutadores do outro mundo e todas as estruturas do outro mundo.

Goku concordou com a cabeça.

Goku retornou a terra com Dai-Kaioshin e as esferas do dragão foram reunidas e Sheng Long foi chamado.

(Sheng Long) – Você tem três desejos. Fale o que você quer e eu faço.

(Goku) – Eu quero que você restaure tudo que Slave destruiu.

Os olhos de Sheng Long brilharam. Todos os planetas destruídos por Slave foram reconstruídos.

(Goku) – Eu quero que você reviva a todos que Slave matou.

Todos os mortos por Slave reviveram. Inclusive Vegeta.

(Sheng Long) – Qual é o seu último desejo?

(Goku) – Que você não me reviva a não ser que eu lhe diga que quero.

Sheng Long desapareceu após realizar o pedido.

(Vegeta) – Como assim não te reviver? Você está vivo!

Goku explicou rapidamente a todos a situação. E então as despedidas começaram.

(Goku) – Vegeta. Até algum dia. Vou treinar todo o tempo no outro mundo. Quem sabe algum dia tenhamos a nossa luta final?

(Vegeta) – É quem sabe. Vou treinar também. Adeus Goku.

(Goku) – Gohan. Continue protegendo a terra. Não haverão inimigos tão poderosos mais, mas mesmo assim continue lutando. Viva e tenha uma vida feliz. Cuide de Videl. Adeus para vocês dois.

(Gohan) – Adeus.

(Videl) – Adeus.

(Goku) – Bulma…

(Bulma) – Não precisa dizer nada. Foi uma grande vida Goku. Eu já estou velha então até breve?

Goku sorriu.

(Goku) – Até Breve.

(Goten) – Pai vou sentir sua falta…

(Goku) – Também vou sentir a sua. Adeus. Adeus para você também Parz. Que sejam felizes juntos… Adeus para você também Gorin.

(Gorin) – Vovô. Sinto que vivemos tão pouco tempo juntos…

(Goku) – Mas ainda teremos a eternidade para viver juntos. Trunks Adeus. Yuki Adeus.

(Pan) – Vovô…

(Goku) – Sinto que não vou estar presente quando meu bisneto nascer, mas… Pode apostar que vou estar vendo lá de cima. Bra e Maron Adeus para ambas. Kuririn…

(Kuririn) – Não vou dizer adeus. Não tenho sangue sayajin então nos veremos em breve.

(Nº 18) – Quando Kuririn morrer, vou me matar para ficar com ele então ate lá Goku

(Goku) – Até.
.
(Niko) – Adeus Goku. Obrigado por me dar uma segunda chance.

(Goku) – Obrigado você Niko por se tornar nosso Amigo. Adeus Niko. Adeus Piccolo. Adeus Ubuu, Adeus Tenchiram…

(Ubuu) – Espero te ver em breve Goku.

(Tenchiram) – Eu e Chaoz também lhe agradecemos pro tudo e te damos Adeus.

(Chaoz) – Adeus Goku. Você realmente foi um grande amigo.

(Yamcha) – Goku até breve. Também não garanto muito tempo de vida.

(Goku) – Adeus Yamcha e Chaoz. Nº 5 & Nº 10 protejam a terra depois de todos morrerem. Sei que vocês são imortais então mantenham o nosso planeta a salvo do mal.

(Nº 5) – Vamos proteger a terra. Adeus Goku.

(Nº 10) – Talvez venhamos a morrer um dia. Não sei se não temos um tempo de vida, mas acho que todo organismo vivo morre um dia.

(Goku) – Mestre Kame. Acho que esse é o nosso ultimo adeus. Você não pode morrer de morte natural nunca. E se for assassinado as esferas do dragão poderão te reviver então adeus. Obrigado por me ensinar tantas coisas.

(Kame) – Obrigado a você Goku por aparecer em minha vida.

(Goku) – Dendê e Sr. Popo continuem guiando as pessoas e observando-as por toda a eternidade se possível. Adeus.

(Dendê) – Não sou imortal então em algumas centenas de anos nos veremos.

(Sr. Popo) – Adeus Goku. Eu sou guardião eterno da plataforma Celeste, então pode ser que demore até que nos vejamos novamente…

(Goku) – Chichi…

Chichi se jogou nos braços de Goku e abraçou-o chorando.

(Chichi) – Goku… Vou sentir a sua falta.

(Goku) – Também vou sentir a sua. Espero que tenha muitos anos de vida pela frente, mas vou aguardar a sua morte para podermos voltar a ficar juntos.

Chichi largou Goku e esse levantou Vôo.

(Goku) – Vou para o planeta arena. Lá é o melhor lugar…

(Gohan) – Vou com você!

(Vegeta) – E eu também.

Vários outros concordaram com a cabeça. Após chegarem ao planeta Goku observou as rachaduras por toda a sua extensão, as crateras e tudo o que foi destruído. Em meio aquele campo de batalha achou um laguinho. Bebeu um pouco de água e dirigiu-se com os outros para uma montanha, caso o estrago fosse grande, talvez a montanha apenas fosse destruída.

(Gohan) – Papai…

(Goku) – Adeus…

(Niko) – Adeus Goku…

Goku concordou com a cabeça e todos se afastaram e ficaram pairando no ar. Goku pisou no chão da montanha e o fogo Sayajin saiu da sua volta. Seus cabelos retomaram a coloração preta e o tamanho natural. Nesse instante ki saiu de todo o corpo de Goku. O corpo todo destruído de Goku caiu de costas na montanha. A fumaça continuava sair do corpo quando Gohan lançou um golpe de ki e o corpo se desfez.

Goku havia partido para sempre.

5 Respostas to “Episódio 99: A Despedida”

  1. Grim Reaper said

    snif eu chorei!

  2. Wesley said

    eu tbm,mas falta mais 1 capitulo e as sagas bonus WEEEEEEE

  3. Mr.Rodr!69 said

    ja acabou

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: