Dragon ball B.T.U

O Universo não é o limite

Episódio 111: Os Dois Indestrutíveis

Posted by gabrielr15 em fevereiro 23, 2012

Gorin comeu uma senzu e antes mesmo de se recuperar por completo Seraphium estava inteiro e em sua frente.

Nº 10 e Nº 5 atacaram ao mesmo tempo, mas Seraphium estava preparado e com um golpe dividiu Nº 10 em milhares de pedaços de metal e com outro arrebentou a cabeça de N° 5.

Gorin e Seraphium se encararam nos olhos por um instante que durou uma eternidade. Gorin olhou nas profundezas negras dos olhos de Seraphium e um desespero sem igual o dominou.

Não havia vida naqueles olhos, eram olhos mortos e podres, mas não foi isso que o deixou em desespero, foi o que havia nos olhos de Seraphium. Dor. Desespero. Morte. Dor. Dor. E mais dor.

Entre o inferno e a vida de Seraphium, Gorin ficava com o inferno. Entre o fim por completo de sua existência e a vida de Seraphium, Gorin desapareceria. E então lá no fundo daquela negro cheio de dor havia um pedido mudo de que tudo aquilo acabasse.

Apesar de não admitir, lá no fundo Seraphium queria desaparecer.

E tudo se acabou. Seraphium explodiu a cabeça de Gorin com as próprias mãos.

(Goku Jr.) – NÃÃÃÃÃÃOOOOO.

Goku Jr. pulou e atacou Seraphium com toda a força. Seraphium foi lançado contra o chão, deu uma pirueta no ar e caiu de em pé.

Nº 5 estava esperando.

Quando Seraphium tocou no chão, Nº 5 usou o soco Kamehameha e bateu com toda a força na cara de Seraphium lançando-o de costas no chão. Nº 5 deu mais um soco na cara de Seraphium contra o chão.

A mão de Nº 5 entrou dentro da cabeça de Seraphium e se derreteu em ki e Nº 5 foi lançado para trás com o ímpeto da energia que saiu da cabeça de Seraphium e explodiu em pleno ar quando Seraphium o alcançou, inteiro, e lançou um golpe de ki em seu peito.

(Seraphium) – DEIXAR DE EXISTIR POR UM SEGUNDO QUE SEJA É HORRÍVEL, NUNCA MAIS FAÇA ISSO.

Nº 10 agarrou Seraphium por trás e o segurou para N° 5 se refazer. Nº 10 perdeu os braços quando Seraphium abriu os braços.

Seraphium estava enlouquecido de ódio. Nº 5 apareceu na frente dele e deu um soco Kamehameha em seu peito fazendo Seraphium se chocar novamente contra a montanha em que Goku morreu e do peito de Seraphium saíram rachaduras enormes que fizeram ambos os braços dele caírem ao chão.

Seraphium lançou um golpe de ki pela mão reconstruída e Nº5 explodiu em milhares de pequenos pedaços, mas antes que pudesse fazer mais alguma coisa, Goku Jr. arrancou-lhe a cabeça.

Goku Jr. pegou o braço de Seraphium caído do chão e o utilizou como um bastão com toda força contra o pescoço dele quebrando-o. Seraphium demorou um segundo inteiro para se refazer, e ai os guerreiros Z perceberam a fraqueza dele.

A idéia rompeu a mente de Nº 10. Separar a cabeça do corpo de Seraphium era a chance de ouro, ele não teria poder de ataque ou defesa pelo segundo que seu corpo se refaria, e nesse segundo todos deveriam bater na cabeça de Seraphium e arrebentá-la.

Mas Seraphium também sabia disso.

(Seraphium) – Não me matarão. Não vai ser tão fácil assim. Está na hora de acabar com isso.

Seraphium levantou as mãos para cima e uma pequena esfera negra se formou ali e ficou flutuando logo acima de sua cabeça. Nº 5, já reconstruído, bateu com toda força contra o ombro de Seraphium para arrebentar o braço do mesmo para cancelar o poder, mas o poder simplesmente ficou no mesmo lugar quando Seraphium foi lançado para trás, reconstruiu o braço e deu um soco incompreensível na cara de Nº 5 que se desmanchou.

(Vegeta Jr.) – Mas que poder é esse?

(Seraphium) – Esse é o golpe de energia mais poderoso que existe, pelo simples fato de que ele é feito da mesma coisa que eu sou feito.

(Nº 10) – E do que você é feito?

(Seraphium) – Eu sou feito da própria tessitura do espaço-tempo, em outras palavras, meu corpo é feito do mesmo material que faz o universo, pra ser mais especifico, eu me fundi a matéria inerente a tessitura do universo de forma que eu existo porque o universo existe.

(N° 10) – Isso quer dizer que está preso ao universo, e que se sair dele deixa de existir, pois não haverá tessitura para criar você.

(Seraphium) – O problema é que estou preso ao universo, não posso sair daqui, e aquele poder é feito da tessitura também. Indestrutível, ele anulara qualquer matéria que fique em seu caminho, ele pode atravessar qualquer coisa, é como uma pequena lâmina de espada que pode cortar qualquer coisa nesse universo.

(Yuki) – Mas se você têm um poder assim, porque não o utilizou para fugir de sua prisão?

(Seraphium) – Porque eu não tinha poder dentro da prisão, meu ki era drenado para a própria parede que me circundava, e esse poder aí é feito de eu mesmo, é uma extensão de meu corpo, apesar de romper tudo, é um nervo particularmente sensível de meu corpo. Causa muita dor usá-lo e o vazio em meio peito só aumenta com ele.

(Niko) – E porque está utilizando-o?

(Seraphium) – Porque apesar de eu odiar dizer isso, sou mais fraco que vocês.

(Niko) – Mais fraco que nós?

(Seraphium) – Sim, aquele robô tem um poder que quase me alcança e percebo que o corpo dele tem potencial para fusão com organismos vivos, o que o impede de se fundir com o outro Robô…

(Niko) – Então você percebeu a nossa arma secreta?

(Seraphium) – Secreta? Eu me fundi com a tessitura do universo, eu sei tudo o que há para se saber sobre fusões, prever uma artimanha como essa é inerente ao que sou.

(N° 5) – Então, meu caro Seraphium, como você deve ter percebido, não nos fundimos antes porque não íamos mostrar nosso poder antes de achar uma fraqueza em você e agora, que achamos, será o seu fim.

(Seraphium) – Na verdade, não será o meu fim, será o de vocês. Começando pelo de chifres.

E então, antes mesmo de alguém sequer processar a informação ou se mexer, a esfera negra se moveu a uma velocidade surpreendente e atravessou a cabeça de Niko como uma bala de uma arma faria com um ser humano comum. Ao sair do outro lado, ela deu uma volta e atravessou as costas de Niko saindo pelo seu peito.

Niko despencou de onde estava flutuando, inconfundivelmente morto.

E os guerreiros entraram em pânico.

 

Como os guerreiros Z impediriam esse poder aparentemente indestrutível? Seriam eles capazes de explorar o pequeno buraco na defesa de Seraphium? Serão os guerreiros Z realmente capazes de exterminá-lo? E se sim, serão capazes de deter o filho de Slave antes que ele liberte mais imortais e se torne um deles?

Não percam o próximo episodio de DragonBall BTU v2: “Pandora”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: