Dragon ball B.T.U

O Universo não é o limite

Episódio 118: O Grande retorno da Esfera Azul. Será o fim de Seraphium?

Posted by gabrielr15 em setembro 8, 2012

Pandora atravessava a imensidão sem fim que separa as poucas coisas que existem no Universo. Ela era extremamente rápida, atravessando galáxias e galáxias em questão de segundos. Seu alvo era um planeta chamado Terra que deveria estar em algum lugar a sua frente.

Pandora sempre fora extremamente impulsiva e confiante. Nada jamais a assustara e poucas coisas a inquietaram. E havia algo inquietando ela. O garoto.

Ela já tinha perdido as esperanças de sair daquele casulo desgraçado. Ela já tinha aceitado que ficaria naquele casulo até o fim dos tempos. Então apareceu aquele garoto. Select, não só destruiu o casulo que a aprisionara por tantos bilhões de anos, mas mostrou-se ser mais forte que ela e que Seraphium.

E disse que Seraphium estava em uma briga na qual não poderia jamais vencer. “Um saco de pancadas indestrutível” ele dissera. Ela estava sedenta por sangue e tinha aquele vazio gigantesco dentro de si.

Nota do autor: Seraphium e Viverus liberaram uma boa parte do vazio matando Select, já Pandora não fez nada contra ele, ou seja, está com um vazio bem maior do que o de Seraphium. Seraphium se aliviou matando Select e Nº 5.

Ela se dirigia aquele planeta para matar os seres tão fortes que estavam detonando com Seraphium. E alem do mais, ela era uma lutadora implacável. Ela simplesmente matava todos que rivalizavam os poderes com ela, ou qualquer um que atravessasse seu caminho.

Entrementes, no Planeta Arena as coisas estavam, por falta de palavra melhor, interessantes.

Uma parte do céu estava tomado por uma grande esfera de ki logo acima da cabeça de Seraphium que mantinha ambas as mãos voltadas para cima. Pequenas bolhas de energia estouravam por toda a superfície da esfera de ki em combustão. A quantidade de energia que ela emanava era assustadora e a forma como ela ligeiramente pulsava, indicava que mesmo que Seraphium desaparecesse, ela se manteria por si só. Ela era quase viva e parecia que se não fosse por Seraphium a segurar, ela explodiria e destruiria tudo a sua volta.

A cerca de um quilometro de distancia, estava Niko5 com uma esfera de ki que rivalizava a de Seraphium, mas ao contrário da esfera do inimigo, esta era azul.

Ambos se encaravam apesar da distância, e os outros guerreiros Z estavam flutuando alguns metros atrás de Niko5, próximos o suficiente para dar poder a esfera se fosse necessário. Seraphium não sabia, mas a esfera de Niko5 conseguia absorver ki de outros seres.

(Seraphium) – Estou pronto. Quando quiser que o ataque final comece, só avisar.

(Niko5) – VENHA COM TUDO.

(Seraphium) – Foi bom te conhecer. DESAPAREÇA!!!

Então Seraphium lançou a sua esfera com toda a força contra Niko5, que simplesmente moveu o seu poder para ficar de frente para si e não em cima de sua cabeça.

A esfera de Seraphium se chocou contra a esfera de energia de Niko5, que começou a absorver a energia que rodeava a esfera.

(Seraphium) – O que é isso?

(Niko5) – Esse meu poder pode absorver a energia de golpes de ki lançados contra ele, até um certo limite.

(Seraphium) – Eu não contava com isso.

(Niko5) – Eu contava…

Mas a esfera de Niko5 não conseguiu absorver toda a energia da esfera de Seraphium. Após absorver uma grande camada externa, a esfera mostrou-se ser meio esverdeada em seu interior e pulsar como um coração, sem ki explodindo, apenas energia pura, comprimida e viva.

Pouco mais de um segundo passou, então Seraphium lançou energia de sua própria mão que se chocou com seu poder e o forçou novamente contra a esfera azul de Niko5 e uma grande esfera de ki em combustão se formou. Niko5 quase foi absorvido pela energia graças a proximidade que estava do poder, mas conseguiu se afastar bem a tempo e lançar sua própria energia contra a esfera de ki em combustão no instante que ela estava quase explodindo em sua direção.

A esfera estava pendendo para o lado de Seraphium graças a vantagem inicial e a perda de tempo de Niko5, mas a energia que o guerreiro Z tinha aplicada na esfera era muito superior a de Seraphium, então muito rapidamente a dianteira estava passando para Niko5.

Era óbvio e visível que Seraphium dera um passo maior que a perna deixando a fusão ocorrer. Niko5 era mais forte e tinha habilidades bem interessantes. A única vantagem e chance de Seraphium ganhar, era usar o poder negro, mas no meio daquele embate de energias, ele não conseguiria fazer nada sem receber todo o impacto da esfera de ki em combustão.

Dai-Kaioshin chamou então o grande Dragão Mil e deixou tudo pronto para fazer o pedido no instante certo.

Agora era apenas questão de tempo para Seraphium ser derrotado.

Goku observava a batalha lá do outro mundo. Na verdade, todos os guerreiros do planeta do Super Sr. Kaioh estavam observando uma grande bola de cristal que Dai-Kaioshin criara especificamente para Goku ver a batalha quando o mesmo descobriu tudo e conseguiu contatar o Kaioshin.

Goku mantinha seus olhos em Seraphium e usava toda a sua concentração para poder sentir a batalha no planeta Arena. Graças ao controle de ki que ele ganhara com o Magnun, ele conseguia mover seu próprio ki estando muito distante de si e apesar de estar muito entranhado nas profundezas do planeta Arena, havia um pouco de sua energia lá e Goku estava puxando ela para a superfície. Após alguns segundos, ele conseguiu trazer energia o suficiente para envolver Seraphium e sentir sua aura.

Ele ficou surpreso.

Seraphium não chegava a ter uma aura como a de outros seres vivos, era diferente, mas não deixava de ser uma aura. Essa aura era por natureza maligna. Isso não havia como negar. Select por mais terrível que parecesse ser, possuía um pouco de bondade entranhada no fundo de sua aura, já Seraphium tinha o núcleo maligno e um pouco de bondade em torno desse núcleo. Goku não entendia o que isso significava por enquanto, mas sua mente trabalhava freneticamente e logo ele chegaria a resposta que daria a maior vantagem de todas aos Guerreiros Z nessa batalha contra os imortais.

Enquanto isso, no Planeta Arena, Seraphium estava perdendo e ele sabia disso.

A esfera de ki em combustão estava quase toda tomada pelo lado de Niko5 e por mais que Seraphium se esforçava, não conseguia avançar nem um centímetro, apenas perder espaço.

(Seraphium) – Você realmente é um lutador a altura.

(Niko5) – Você é um bom oponente também. Mas está na hora dessa batalha acabar! Dai-Kaioshin se estiver ouvindo, prepare-se, a nossa grande chance está para chegar.

Será que o poder de Niko5 será capaz de romper a cabeça de Seraphium em meio a energia em combustão, apesar de Master haver dito que ki em combustão destruía mais devagar que o processo de cura do imortal? E se conseguir, Dai-Kaioshin conseguira utilizar esse instante para terminar essa batalha? Seraphium finalmente será derrotado?

Não percam o próximo episodio de DragonBall BTU v2: “O Aviso de Goku”

Anúncios

2 Respostas to “Episódio 118: O Grande retorno da Esfera Azul. Será o fim de Seraphium?”

  1. Jimmy said

    cada vez mais emocionante,mal posso esperar pela continuação

  2. Wenerson said

    eu tambem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: